Quais os benefícios da aula de desenho para crianças? Descubra!

aula de desenho

Desenhar e colorir são atividades bem comuns e positivas para qualquer criança. Além de contribuir bastante com seu desenvolvimento, também são interessantes para promover as habilidades sociais. Por isso, pode ser uma ótima ideia colocar as crianças em uma aula de desenho, tanto na escola quanto de modo extracurricular.

É verdade que, até certa idade, não há muita diferença entre o desenhar bem direcionado ou qualquer outra brincadeira. Porém, mesmo que a criança não se torne uma artista no futuro, essa experiência ainda será válida e muito útil durante seu processo de crescimento.

Para ajudar a entender mais sobre o assunto, vamos falar um pouco sobre os principais benefícios das aulas de desenho para crianças e mostrar como você pode incentivá-las a desenhar no dia a dia. Acompanhe!

[Especial dia das crianças] Almanaque de atividades para completar e se divertirPowered by Rock Convert

Quais são os principais benefícios da aula de desenho para crianças?

Seja como hobbie, seja para seguir uma carreira, há muito a ganhar com as lições aprendidas nas aulas de desenho. Veja aqui os principais exemplos.

Desenvolve a coordenação motora

Um dos aspectos mais importantes no desenvolvimento físico e mental da criança em seus primeiros anos é a coordenação motora fina e grossa. A primeira envolve movimentos mínimos e precisos, realizados por músculos mãos e dos pés. A segunda se refere a movimentos mais largos, como correr, pular etc.

Ao desenhar, a criança irá desenvolver principalmente sua coordenação motora fina, a qual é responsável pela manipulação mais eficiente do lápis ou caneta utilizada.

Estimula a inteligência emocional

O papel das cores na educação infantil é maior do que se imagina. Quase toda cor estimula alguma sensação, emoção ou situação associada a ela.

Várias cores e maneiras podem ser empregadas para expressar sentimentos, sendo um bom exercício para crianças com dificuldades para interagir e se expressar. Isso ajuda muito no convívio social no futuro, permitindo que certos sinais sejam reconhecidos com muito mais facilidade.

Além disso, criar e apreciar os desenhos também é um modo de promover a inteligência emocional da criança.

Melhora a concentração

O ato de desenhar exige que uma pessoa passe um tempo mínimo observando uma folha de papel ou tela, pense nas formas que deseja produzir e nas cores usadas, depois insira os detalhes necessários. Tudo isso demanda bastante concentração, uma habilidade importante de se desenvolver durante a vida.

O contexto de uma aula de desenho também favorece bastante essa competência. O auxílio dos professores e das tarefas faz com que as crianças se sintam mais estimuladas a focar suas tarefas, o que facilita muito a concentração.

Incentiva a criança a se expressar

O papel da arte na educação infantil não está relacionado apenas às suas habilidades técnicas e de coordenação, mas também às chamadas “soft skills”, aquelas que não podem ser quantificadas. Uma dessas habilidades é a de se expressar com clareza, tanto com os outros quanto consigo.

A arte é um meio de a criança mostrar e refletir sobre vários sentimentos. Um exemplo é a partilha de seus desenhos com outras pessoas, fazendo com que precise escolher suas palavras, pensar na perspectiva de outros e prestar atenção no que os demais dizem.

Promove a interação social

Por fim, mas não menos importante, atividades extracurriculares são excelentes para promover a socialização de uma criança em vários ambientes. E, como você já deve saber, a interação social é o momento em que a maior parte do desenvolvimento mental de uma criança ocorre.

Mais uma vez, a questão aqui não é o desenho em si, mas todo o processo que se desenrola ao redor dele. Assim, além de desenvolver as habilidades que já mencionamos, ela também estará criando novos laços, fazendo amigos e aprendendo a criar relações sociais no futuro.

Powered by Rock Convert

Como incentivar as crianças a desenhar

A aula de desenho é, claramente, um caminho bem eficaz para o desenvolvimento infantil. Porém, também é bacana saber como incentivar a criança a desenhar em seu próprio tempo. Quando ela faz isso em seu dia a dia, os resultados tendem a ser ainda melhores.

Confira aqui algumas dicas!

Esteja presente para ensinar

Toda criança aprende e adquire costumes mais facilmente com o exemplo. Sendo assim, se você quer que ela desenhe, torne isso uma atividade compartilhada. Basta sentar ao lado dela, observar e se envolver quando ela chamar.

Depois de um tempo, você verá como ela começa a desenhar por conta própria. E, claro, continue presente para respondê-la, garantir sua segurança e interagir com seus desenhos quando ela pedir. As pequenas coisas são as que fazem a maior diferença!

Tenha os materiais adequados

Você já parou para se perguntar o que uma criança precisa para desenhar e colorir? Em uma aula de desenho, a maioria dos materiais, como tinta, papel, lápis e pincéis, já estarão à disposição. Mas e em casa, como escolher o que ter?

Aqui no O Poder das Cores você encontra recomendações de quais produtos são mais adequados para cada fase de desenvolvimento da criança.

Não se preocupe com os erros

Nossa dica final é: não tente tornar tudo um exercício de técnica. Afinal, arte é uma forma de expressão, e a criança precisará de liberdade para colocar suas ideias no papel. Se ela precisar, você pode oferecer orientação e incentivá-la a realizar um desenho mais elaborado e caprichado. Contudo, o essencial é deixar que ela se manifeste suas vontades próprias.

Agora você entende melhor os benefícios da aula de desenho para crianças. Dedicar um pouco mais de tempo para estimular seus pequenos a se envolverem com arte, mesmo que só por diversão, terá um efeito muito positivo no processo de desenvolvimento.

Quer encontrar os melhores materiais de arte para enriquecer os desenhos dos seus filhos? Então acesse o Mundo BIC e confira o portfólio completo.

As informações contidas neste material se fundamentam em estudos psicológicos da criança e servem de base para ajudar com o seu desenvolvimento e educação. Os resultados de tais métodos podem variar de acordo com cada criança, pois dependerão de aspectos individuais e sociais.

Notícias relacionadas

EnglishPortuguêsEspañol