Quais são as cores que estimulam a criatividade? Confira!

cores que estimulam a criatividade

Afinal de contas, você sabe dizer quais são as cores que estimulam a criatividade infantil? Caso não, sem problemas!

Muito provavelmente, você já percebeu a presença de diversas cores na educação infantil. O mais legal nessa história é entender que as cores estão lá por uma razão muito importante, explicada pela psicologia infantil — e não por mera estética ou decoração.

Por isso, elaboramos este conteúdo especial, respondendo a todas as curiosidades sobre o assunto. Então, não perca tempo e acompanhe!

[Especial dia das crianças] Almanaque de atividades para completar e se divertirPowered by Rock Convert

Qual o significado das cores?

Isso pode até parecer estranho, mas é a mais pura verdade: as cores têm significado! A explicação para isso é fundamentada na nossa evolução como seres humanos, que indica como o conjunto ótico da nossa espécie se desenvolveu para interpretar as tonalidades, associando cores a situações, com diferentes sentimentos.

Tons como o vermelho, por exemplo, são eficazes para despertar estados de urgência, atenção e alerta — motivo pelo qual são frequentemente utilizados nas sinalizações de trânsito. Por outro lado, cores enérgicas e solares, como o amarelo, podem ser estimulantes, promovendo euforia, alegria e bem-estar.

As crianças carregam todas essas predefinições ao longo de seu desenvolvimento cognitivo. Por isso, é muito importante que os papais e mamães saibam reconhecer o papel das cores no estímulo dos seus filhos, sobretudo para tarefas de foco e criatividade.

Quais as cores estimulam a criatividade?

Sem sombra de dúvidas, a criatividade é a maior virtude da nossa espécie. A capacidade de abstrair o mundo material, pulando divertida e disciplinadamente entre técnica e conceito para a criação das coisas mais diversas — não importa se é o desenho de um unicórnio ou a criação de um acelerador de partículas, a criatividade é fundamental na elaboração de todos os tipos de projetos.

Por isso, o pensamento criativo é uma prática tão valorizada no ensino infantil. Felizmente, pais e mães podem estimular esse processo de desenvolvimento, que existe entre a concentração e a imaginação, para garantir um crescimento intelectual que seja saudável para as crianças no longo prazo.

Tecnicamente falando, existe uma cor muito relacionada à criatividade: o verde. Inclusive, essa é considerada a melhor cor para desenvolver a habilidade de leitura.

Para complementar, também destacamos o azul. Apesar de ter um efeito calmante em suas tonalidades mais claras, o azul é muito estimulante para atividades que exigem foco e concentração — motivo pelo qual muitas salas de aula costumam ter essa cor como a tonalidade principal em suas paredes.

Como incluir as cores na vida das crianças?

As cores podem estar presentes na vida das crianças em uma série de maneiras. Isso pode ser feito, por exemplo, ao introduzir brinquedos de cores diferentes, estimulando o reconhecimento dos tons desde cedo.

Outra ideia é oferecer atividades colorir com o mesmo conceito. Os livros também são bons estímulos. Inclusive, na literatura infantil, os desenhos utilizam desse artifício visual com muita inteligência, visto que os pequenos identificam rapidamente situações de perigo em cenas vermelhas e de deslumbramento em cenários verdes, como florestas e campos.

Além disso, uma excelente possibilidade é a decoração de forma estratégica. No entanto, é importante não sobrecarregar a criança apenas com essas duas cores.

A realidade é que, embora verde e azul estejam mais conectados com criatividade e produtividade, a exposição a outras cores é fundamental para um desenvolvimento intelectual e saudável.

Assim como diferentes brincadeiras são capazes de estimular diferentes competências — cognitivas, motoras e espaciais — as cores são capazes de atingir várias dimensões emocionais. Temos o laranja, que é reconhecido como estimulante para o aprendizado; o amarelo, para o bem-estar e por aí adiante.

Em casa

Tendo em vista as dicas citadas acima, uma forma de estimular a criatividade das crianças em casa é a pintura dos quartos, especialmente nas paredes que cercam os móveis, como a escrivaninha e a estante de livros.

Contrariando a preferência popular dos tons pastéis, é reconhecido que tonalidades mais vivas e intensas podem estimular o desenvolvimento da criança.

Mas, claro, é preciso ter ponderação e bom senso. Falamos sobre a importância de diversificar as cores na decoração, mas, no outro extremo dessa moeda, o excesso também pode ser prejudicial, então sempre vale estimular em exagerar 😉

Então, você pode variar as cores nos cômodos de acordo com a proposta de ambientação. Alguns espaços devem que transmitir felicidade, outros tranquilidade e concentração ou mesmo estimular uma sessão de criatividade e entretenimento. Sem excessos e com uma decoração harmônica, é possível alcançar um bom resultado.

Na sala de aula

Longe de casa, não há muito o que pais e mães possam fazer para estimular a criatividade com as cores. Afinal, tanto a decoração quanto o uniforme tendem a ser determinados pelo próprio colégio. No entanto, as cores estimulantes podem estar presentes nos materiais escolares, como canetas, lápis, borrachas, cadernos, lancheiras e afins.

Sobre a decoração do ambiente escolar, isso tende a não ser um problema, pois as próprias diretorias já estão cientes dos efeitos positivos e estimulantes das cores no comportamento das crianças. Inclusive, é por isso que os primeiros anos do ensino infantil costumam ser lecionados em salas tão claras e coloridas.

Vale lembrar que, em 2020, com transição em massa das aulas presenciais para o ensino online, esse estimulo na escola diminuiu bastante. Por outro lado, reforçou a necessidade de um cuidado maior com as cores do ambiente de estudo em casa.

Como foi possível ver, com um pouco de estratégia é possível gerar um efeito muito positivo no comportamento e na inteligência emocional das crianças.

E agora que você já conta com uma boa noção das cores que estimulam a criatividade, aproveite para ver como a BIC pode ajudar no desenvolvimento de seus pequenos. Tem várias atividades super bacanas para você curtir com seus filhos!

As informações contidas neste material se fundamentam em estudos psicológicos da criança e servem de base para ajudar com o seu desenvolvimento e educação. Os resultados de tais métodos podem variar de acordo com cada criança, pois dependerão de aspectos individuais e sociais.

Notícias relacionadas

EnglishPortuguêsEspañol