Crianças e animais de estimação: por que vale a pena ter um pet?

crianças e animais de estimação

Seu filho está pedindo um bichinho? Saiba que crianças e animais de estimação formam um combo imbatível! Essa relação, inclusive, oferece diversos benefícios para os pequenos — mais até do que a gente costuma imaginar!

Ainda está em dúvida? Neste post, trazemos uma série de motivos para você adotar mais um integrante para a família. Continue a leitura e confira!

[Especial dia das crianças] Almanaque de atividades para completar e se divertirPowered by Rock Convert

Pode ajudar a melhorar imunidade

Embora haja a ideia de que cães e gatos favorecem alergias, a verdade é que o convívio com esses bichos pode fortalecer a imunidade, segundo um levantamento de estudos feito pela USP. Ainda não se sabe ao certo a razão pela qual isso acontece, mas acredita-se que a convivência aja como um tipo de “treino” para que a defesa do organismo aprenda a lidar com os agentes invasores. Na dúvida, sempre consulte o pediatra ou médico da família 😉

Incentiva a prática de atividades físicas

Correr, brincar, pular e caminhar são atividades ótimas para as crianças fazerem acompanhadas de um cãozinho, por exemplo. Dessa maneira, é possível incentivar a prática de exercícios e evitar o sedentarismo desde pequeno.

Auxilia no desenvolvimento da empatia

A empatia é uma capacidade que precisa ser aprendida na prática. Cuidar, alimentar, ajudar e proteger o animal são exercícios diários de empatia. Isso tende a gerar relações mais saudáveis com familiares, colegas de escola e professores.

Desenvolve senso de responsabilidade

As crianças da Geração Alpha demonstram grande autonomia. Quando se deparam com as tarefas relacionadas aos cuidados com os bichinhos de estimação, passam a desenvolver também o senso de responsabilidade. Parece algo simples para nós, adultos, que já temos diversas obrigações no dia a dia. Para os pequenos, entretanto, essa é uma ótima oportunidade de entender a importância de cumprir com deveres.

Reduz o estresse

O estresse não é uma condição que só afeta gente grande. As crianças também podem sofrer com ele, ainda mais com uma rotina agitada e todas essas mudanças ocasionadas pelo isolamento social. Brincar e dar carinho aos animaizinhos ajuda os pequenos a relaxar e aliviar as tensões físicas e psicológicas.

Estimula o cérebro

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, o convívio com animais de estimação ajuda a estimular o cérebro das crianças, pois demanda que repitam várias vezes uma mesma atividade com o pet. Dessa maneira, mais conexões neurológicas são criadas, principalmente nos primeiros anos de vida. Tudo isso auxilia no desenvolvimento das capacidades cognitivas e motoras.

Faz companhia

Estamos vivendo um período em que o isolamento social é necessário para manter a saúde. Neste contexto, as crianças são afetadas por conta da distância dos amigos e das pessoas que amam. Um animalzinho faz companhia e reduz o sentimento de solidão. Aliás, isso é positivo não somente para os pequenos, tendo em vista que incentiva brincadeiras em família.

Como você pôde conferir, os benefícios da relação entre crianças e animais de estimação são muitos. Por essa razão, reflita com carinho na hora de considerar adotar um pet, pois essa pode ser uma ótima ideia! Só não se esqueça de que é importante levar em conta as características físicas e comportamentais do bichinho para escolher um que tenha maiores chances de se adaptar à casa e à rotina da família, ok?

E para conhecer outras iniciativas que estimulam o desenvolvimento social das crianças, não deixe de conferir nosso post exclusivo sobre o tema!

As informações contidas neste material se fundamentam em estudos psicológicos da criança e servem de base para ajudar com o seu desenvolvimento e educação. Os resultados de tais métodos podem variar de acordo com cada criança, pois dependerão de aspectos individuais e sociais.

Notícias relacionadas

EnglishPortuguêsEspañol