Aprendizado divertido: 5 experiências científicas para crianças

experiências científicas para crianças

Existem muitas formas de incentivar o aprendizado das crianças em casa, de maneira lúdica e divertida. Uma excelente alternativa é realizar experiências científicas para crianças, que muitas vezes parecem magia e encantarão os pequenos desbravadores.

A curiosidade característica dessa fase pode ser encorajada para fazer descobertas incríveis e que são ricas em conhecimento. As atividades, quando em parceria com um adulto, também estimulam a cooperação, que é importante para o desenvolvimento social da criança.

Quer conhecer ideias incríveis de experimentos que podem ser feitos em casa, de forma prática, segura e divertida? Confira, a seguir, 5 alternativas!

[Especial dia das crianças] Almanaque de atividades para completar e se divertirPowered by Rock Convert

1. Bolha de sabão colorida

Brincar com bolha de sabão já é prazeroso, mas essa atividade pode ficar ainda mais divertida se vocês deixarem as bolhas coloridas. Para isso, você precisará de:

  • detergente;
  • corantes de várias cores;
  • meia de algodão;
  • garrafa pet cortada;
  • elástico ou barbante.

Corte horizontalmente a parte da garrafa pet onde fica a tampa e o “ombro”. Cubra a região mais larga com a meia e prenda com um elástico ou barbante. Molhe a meia no detergente, coloque o corante por cima e passe novamente no detergente. Pronto, é só assoprar na abertura da tampa e terá uma espuma formada por várias bolhas de sabão coloridas.

2. Afunda ou flutua

Um aprendizado muito importante na escola é a densidade da água e dos objetos. Por isso, a experiência científica para crianças de ver o que afunda e o que flutua é muito educativa.

A realização é simples, será necessário ter apenas um recipiente com água e vários objetos. O desafio é adivinhar se eles flutuarão ou afundarão quando forem colocados na água. Algumas ideias são: pedrinhas, tampa de garrafa, brinquedos com material reciclado, moedas e folhas.

3. Cristais caseiros

Essa experiência conta com poucos ingredientes e tem um lindo resultado, porém, é mais demorada. Para fabricar os cristais caseiros, é necessário ter 10 pedrinhas de construção — pedra brita — e vinagre. Coloque as pedras em um copo com três dedos de vinagre e deixe descansar por 24 horas. Passado esse tempo, tire nove pedras e deixe apenas uma no fundo do copo.

Nessa pedra que ficou, nascerão os cristais. Para isso, será necessário reservar o copo e esperar todo o vinagre secar, o que demora por volta de um mês. Após os 30 dias, os sais estarão cristalizados e você terá um belo cristal caseiro.

4. Fluido não-newtoniano

O fluido não-newtoniano é uma experiência superinteressante, pois faz uma “meleca” que muda seu estado físico, dependendo da pressão feita com as mãos. Trata-se de uma mistura viscosa que fica sólida ao ser apertada ou pressionada com força e se torna líquida quando você a solta ou a toca de forma leve e devagar. Para isso, você só precisará misturar:

  • 2 copos de água;
  • 1 copo de amido de milho;
  • corante — opcional.

5. Plantação de feijão

A maioria das pessoas já fez a experiência de plantar o feijão no algodão na escola. É uma atividade prática instigante, que permite ver o ciclo de crescimento do vegetal e de aprender sobre a sustentabilidade na educação infantil.

Para fazer esse experimento, é preciso colocar um pedaço de algodão úmido em algum recipiente transparente — copo ou vidro de geleia, por exemplo — e acrescentar um grão de feijão. É importante não deixar o algodão secar, por isso, pingue um pouco de água diariamente. Em alguns dias o feijão crescerá e poderá ser passado para a terra.

Como você viu, existem experiências científicas para crianças que são simples e muito educativas. Elas podem, inclusive, ser relacionadas aos conteúdos aprendidos em aula, para melhorar a fixação e estabelecer uma rede educacional forte.

Gostou das nossas ideias? Então, descubra também como fazer um desenho flutuante que parece magia e amplie sua lista de experimentos!.

As informações contidas neste material se fundamentam em estudos psicológicos da criança e servem de base para ajudar com o seu desenvolvimento e educação. Os resultados de tais métodos podem variar de acordo com cada criança, pois dependerão de aspectos individuais e sociais.

Notícias relacionadas

EnglishPortuguêsEspañol