Guia completo de brincadeiras para fazer em família nos dias chuvosos!

Brincadeiras para fazer em família

Nem sempre os dias estão convidativos para as brincadeiras ao ar livre, como acontece nos períodos chuvosos. Nessas horas, muita gente fica sem ideias de como distrair as crianças. Já pensou que brincadeiras em família podem ser ótimas para esses dias?

Assistir à televisão e ficar no tablet ou no celular jogando jogos online são algumas das atividades que fazemos nessas ocasiões. Entretanto, logo vem o tédio. Por isso, apostar em brincadeiras fora do mundo digital é uma boa ideia, já que elas favorecem o raciocínio, estimulam a criatividade e ajudam no desenvolvimento infantil.

O seu repertório de brincadeiras está baixo? Não há problema! Pensando nisso, resolvemos trazer este guia com muitas ideias do que brincar com a criançada e criar boas memórias. Para conferir, basta continuar a leitura. Vamos lá?

[Especial dia das crianças] Almanaque de atividades para completar e se divertirPowered by Rock Convert

Como aproveitar o dia chuvoso com a família?

Quando pensamos em um belo dia de brincadeiras e muita diversão, logo imaginamos um lindo quintal, praia ou parque, um sol gostoso e um céu lindo bem azul, não é mesmo? Entretanto, nem sempre podemos contar com a previsão do tempo para esse cenário perfeito.

Muitas vezes, o dia está chuvoso ou frio, o que significa crianças dentro de casa. Se elas não tiverem o que fazer e somente assistirem à televisão, provavelmente ficarão entediadas, assim as chances de chateação aumentam. Por esse motivo, é sempre bom ter muitas ideias de brincadeiras para fazer em família nos dias de chuva.

Não é porque está chovendo que não se pode brincar. Existem muitas atividades que podem ser feitas pelos pequenos e ajudam a afastar o tédio e a manter o alto-astral, quando o tempo não está bom. Jogos, desafios, gincanas, artes e muito mais podem ser realizados em casa mesmo.

Vale explorar diferentes cômodos, como cozinha, varanda, garagem, área coberta, sala de estar e, até mesmo, o banheiro! É uma excelente oportunidade para todos os familiares aproveitarem a companhia um do outro e produzirem ótimas memórias. Além disso, as brincadeiras em família contribuem para o desenvolvimento da criatividade, da confiança e da autonomia da criançada.

Como boas brincadeiras podem ajudar nesses momentos?

Ficar em casa sem muito espaço para correr e gastar energia pode entediar e chatear as crianças. Se até nós adultos cansamos de fazer nada ou na frente da televisão por muito tempo, imagina a criançada?

Embora o ócio seja algo importante, pois estimula a criatividade, chega um momento em que é preciso direcionar a energia para brincadeiras lúdicas, que ajudem no desenvolvimento infantil. Além de manter os pequenos ocupados, brincar em família nos dias de chuva oferece uma boa memória afetiva e outros benefícios, como:

  • fortalecimento do vínculo familiar;
  • interação e aprendizado;
  • acompanhamento das necessidades das crianças;
  • desenvolvimento social e emocional saudável.

Ainda que a gente não imagine, há muitas brincadeiras que não dependem de um céu aberto. Dá sim para brincar em dias de chuva e se divertir muito! A começar pela montagem do cenário para as atividades. Você pode afastar os móveis ou dispô-los de maneira que facilite a movimentação e evite acidentes. Que tal utilizar objetos e desenhos para decorar o ambiente? Temos certeza de que a criançada vai adorar!

Quais brincadeiras podem ser realizadas em dias chuvosos?

Por mais que pareça difícil imaginar brincadeiras legais que não sejam ao ar livre, há muitas delas! Neste tópico, elegemos algumas das mais divertidas e que podem ser realizadas com materiais simples, encontrados em casa. Confira!

Mímica

O jogo de mímica é um dos preferidos até dos adultos. Quem nunca brincou com um grupo de amigos? Nele, um tema é escolhido; podem ser filmes, séries, animais, profissões ou qualquer outro. Um participante deverá fazer gestos para que os demais possam adivinhar o que ele está imitando, mas não pode ser emitido nenhum som.

Teatro de fantoches

O teatro desperta a imaginação e promove a comunicação e a expressão da criança. Por isso, é uma ótima brincadeira para ser feita em dias de chuva. Vocês podem realizar um teatro de fantoches ou dedoches (fantoches de dedo). Mesmo que não tenham os objetos, conseguem improvisar com meias costurando fios de lã e botões, como cabelo e olhos, ou, até mesmo, desenhar o rosto do boneco de canetinha.

Dá também para construir um cenário utilizando canetinhas, caixas de papelão e cartolinas. Dessa maneira, essa oficina de fantoches já inicia a criatividade e a diversão.

Jogo dos 7 erros

Provavelmente, você já conhece a brincadeira dos 7 erros, em que olhamos duas figuras semelhantes, mas que têm 7 pontos diferentes. Já pensou em fazê-la em um ambiente? É muito divertido! Primeiro, você pede para os participantes olharem um local, que pode ser a sala ou um quarto.

Depois, eles saem do cômodo e você muda alguns objetos de lugar. Então, pede para que entrem novamente e percebam as diferenças. É interessante que o lugar não tenha muitas coisas, pois pode ficar mais difícil para crianças pequenas. Nesse caso, dá para fazer com um móvel, como estante ou cama, em vez do ambiente inteiro.

Jogos de tabuleiro

Os jogos de tabuleiros fizeram parte da infância de muitos adultos e até de idosos! Isso mesmo. Muitos avós de hoje em dia já brincaram com Banco Imobiliário, que teve o seu primeiro lançamento em 1935. Não é à toa que tais jogos fazem tanto sucesso nos dias atuais.

Com muita diversão, eles despertam o raciocínio e o espírito esportivo, fazendo todo mundo entrar na brincadeira. É importante verificar a idade indicativa dos jogos de tabuleiro para que as crianças possam brincar. A seguir, confira alguns dos mais famosos populares:

  • xadrez;
  • dama;
  • Banco Imobiliário;
  • Detetive;
  • Jogo da Vida;
  • War.

Desafio dos fios

O desafio dos fios é muito legal e todo mundo pode brincar. É ótimo para estimular o raciocínio, porque o participante deverá traçar uma estratégia antes de passar pelos fios. Além disso, requer boa coordenação motora e equilíbrio. É recomendado para crianças a partir dos 4 anos.

Para brincar, vocês precisarão de fios de lã ou barbante e fita crepe. Em um corredor, prenda os fios de um lado ao outro e em vários sentidos das paredes com a fita. O desafio consiste em passar sem encostar nos fios. Assim, é necessário rastejar, pular e ter movimentos precisos. Ganha quem chegar do outro lado sem encostar nenhuma vez nos fios.

Quebra-cabeça

O quebra-cabeça é um jogo estimulante e relaxante ao mesmo tempo. Ele treina a memória e o raciocínio, distrai e alivia as tensões do dia a dia. Sendo assim, é indicado até mesmo para os adultos. Para crianças menores, as peças devem ser grandes e em menor número.

De acordo com a idade, aumenta-se o número de peças e diminui-se o tamanho delas, gerando mais dificuldade. Caso você não tenha nenhum quebra-cabeça em mãos, pode-se desenhar em uma cartolina, cortá-la e depois montá-la novamente. É diversão garantida!

Pintura

Pintar é uma terapia para muitos adultos. Para a criançada, isso não é diferente. Elas adoram colocar a criatividade em jogo e pincelar por aí. Folhas de papel ou cartolinas, alguns pincéis e tintas coloridas são capazes de deixar os pequenos mais criativos e alegres.

Se não curte muito a ideia de se sujar dentro de casa, você tem três alternativas bem legais. A primeira é fazer a pintura com água. Eleja uma parede e deixe as crianças pintarem com pincel e água. Assim que secar, os desenhos desaparecem.

A outra ideia é deixar que pintem os azulejos do box do banheiro com tintas laváveis. Dessa maneira, assim que acabar a brincadeira, basta removê-los na limpeza. Dá para aproveitar e colocar a criançada para tomar banho. Fica todo mundo limpo de novo.

Mais uma opção é adicionar um pouco de tinta em um saco de congelamento do tipo ziploc, fechar bem, retirando o ar, e fixar em cima de um papel branco em uma mesa com fita adesiva. As crianças passam os dedinhos formando desenhos. O mais legal é que dá para brincar por bastante tempo.

Contação de histórias

Qual criança não gosta de contação de histórias? Essa brincadeira estimula a imaginação e pode acalmar os ânimos, quando os pequenos estão muito agitados. Vocês podem utilizar brinquedos e objetos para ajudar a deixar os contos ainda mais emocionantes.

Se houver mais de um participante, dá para formar uma roda de histórias, em que cada um conta uma parte. A narrativa pode ser lida ou criada em conjunto, ali na mesma hora, mexendo com a criatividade da criançada.

Sessão de filmes

Dia de chuva combina demais com um filme, não é mesmo? Ainda mais se o clima estiver frio. O único “problema” vai ser decidir qual título assistir, pois existem diversas animações e filmes infantis incríveis disponíveis nas plataformas de streaming ou mesmo na TV aberta.

Para a programação ficar ainda mais divertida, você pode organizar um cineminha em casa. Coloque algumas almofadas ou travesseiros no chão, prepare uma pipoca e um suco natural e aproveite o momento para ficarem bem juntinhos.

Caça ao tesouro

Não é porque está chovendo que não se pode fazer algo emocionante. A caça ao tesouro é uma brincadeira para fazer com a família que curte uma aventura! Antes de mais nada, é preciso contextualizar de quem é o tesouro: pirata, rei ou rainha?

A partir daí, fica mais fácil decorar a casa e preparar o baú do tesouro. Com objetos, cartolina e canetinhas, é possível entrar no clima e enfeitar o ambiente. Faça as pistas, que podem ser perguntas e respostas, charadas ou pagamento de uma prenda, e espalhe pelos cômodos.

Já o baú pode ser feito com uma caixa de sapatos encapada e enfeitada. O tesouro pode ser lembrancinhas, como bolhas de sabão ou guloseimas. O nível de dificuldade e de tempo de duração da brincadeira deve ser de acordo com a idade das crianças. Quanto mais novas, mais fáceis precisam ser as pistas e mais rápido deverá acabar o jogo.

Se houver mais de um participante, o interessante é fazer com que todos encontrem o tesouro juntos para então dividir o prêmio. Assim, as crianças aprendem que o importante é se divertir!

Show de talentos

Os pequenos aí adoram fazer arte? Um show de talentos pode ser muito divertido! Além de todos mostrarem seus dons artísticos, é uma boa oportunidade para tirar fotos incríveis. O evento pode começar com os preparativos do figurino e do cenário.

Vale envolver as crianças em cada etapa, como pintar a fantasia ou criar um lindo letreiro com canetinhas e cartolina. Vocês podem construir acessórios com material reciclado e pintura facial com tinta própria. Entre os talentos para apresentar, há dança, canto, mágica, uma peça de teatro e muito mais.

Slimes

Os slimes ganharam o coração da garotada. Esse tipo de massinha moderna ajuda no desenvolvimento dos sentidos, acalma e é muito divertida. Além do mais, dá para fazê-los com as próprias mãos, o que enche os pequenos de orgulho!

Eles podem ser compostos com ingredientes simples e fáceis de achar em lojas de brinquedo, como cola e glitter de muitas cores. Confira a receita de slime aqui!

 Passador de lã

Tem uma criança brincalhona, na fase de descobertas, por aí? Ela pode se divertir com essa brincadeira. O desafio é passar um fio de lã pelos furinhos de um escorredor de macarrão. Acredite, os pequenos ficam um tempão entretidos com essa atividade simples que ajuda no desenvolvimento da coordenação motora fina.

Pista de Carrinhos

Brincar de carrinho é uma das atividades preferidas da criançada! Para inovar, você pode pegar uma fita crepe e fazer pistas pela casa. Assim, eles conseguem se divertir seguindo a estrada. Dá até para criar uma cidade, dispondo bonequinhos e fazendo prédios e casas com blocos de montar.

Amarelinha

A amarelinha é uma brincadeira muito nostálgica, já que vários adultos a viveram na infância. Sabia que dá para brincar dentro de casa? Em vez de riscar o chão com giz, como na convencional, basta fazer o desenho com fita crepe. Assim que acabar a brincadeira, retire a fita. Legal, né?

Dança das cadeiras

A dança das cadeiras é muito divertida e rende bastante risadas. Além do mais, é bem simples, pois só são necessárias algumas cadeiras, música e muita disposição.

Para brincar, coloque uma cadeira a menos que o número de participantes em uma roda. Ligue a música e, quando ela for pausada, os pequenos devem se sentar. Quem não se sentar fica de fora da próxima rodada, que deverá ter menos uma cadeira. Caso você não queira mexer nos móveis, pode substituir as cadeiras por círculos de cartolina fixados com fita adesiva.

Superchef

Quem disse que cozinha não é lugar de criança? Os pequenos adoram cozinhar e fazer delícias! Algumas receitas proporcionam muita diversão. Vocês podem fazer biscoitos em formatos de bichinhos ou outras figuras com ajuda de um cortador apropriado ou mesmo com tampas de potes que você tenha em casa. Também dá para fazer cupcakes e decorar com brigadeiro e confeitos coloridos.

Piquenique na sala

Depois de fazer as gostosuras na cozinha, um piquenique vai muito bem. Como o dia está chuvoso, vocês podem montar o lanche na sala mesmo. Estendam uma toalha no chão, sirvam algumas comidas bem gostosas, enfeitem com um jarro de flores, coloquem uma música e curtam o momento!

Adivinhação de objetos

Brincar de adivinhação é muito legal e uma ótima brincadeira para fazer em família. Adicione alguns objetos que não oferecem risco de machucar em uma sacola ou mochila. O participante com os olhos vendados deve tentar adivinhar o máximo de objetos em um minuto. Quem adivinhar mais é o vencedor.

Acampamento em casa

Outra brincadeira tradicional ao ar livre e que pode ser adaptada para dentro de casa em dias de chuva é o acampamento. Se não tiverem barracas apropriadas, não há problemas. Vocês podem usar lençóis, cadeiras, poltronas e outros objetos para montar tendas incríveis.

Feito isso, apaguem as luzes e usem lanternas para simular o acampamento. Para completar, façam uns lanches bem saborosos para aproveitarem dentro das tendas.

Escolinha

As crianças adoram imitar os adultos, principalmente os que estão em seu convívio. Por isso, brincar de escolinha é uma atividade muito divertida para elas. Nesse caso, elas podem ser professoras e usarem ursinhos, bonecos e bonecas como alunos. Aliás, você também pode participar como estudante.

Essa é uma ótima maneira de estimular os estudos, pois você sugere para a criança estudar um tema e ensiná-lo depois. Além de ser um excelente incentivo nos estudos, ajuda a trabalhar a comunicação e a verbalização.

Como esses jogos podem ajudar no desenvolvimento das crianças?

Você sabia que a ONU e a Constituição brasileira garantem à criança o direito de brincar? Pois é! Com isso, dá para ter uma ideia de como a brincadeira é importante para os pequenos. Brincar não é apenas uma diversão ou um passatempo, mas também é muito aprendizado e desenvolvimento.

O ato é uma das formas que a criança tem de se comunicar com ela mesma e com o mundo, desenvolvendo capacidades importantes, como atenção, imitação, imaginação, memória, criatividade, coordenação motora, inteligência, sociabilidade e muito mais!

Além do mais, ao fazer as atividades junto da família, crianças e pais se aproximam fortalecendo a saúde emocional e o vínculo. Saiba que as experiências vividas na infância, principalmente até os 6 anos, serão base para o aprendizado dos pequenos, independentemente se são positivas ou não. Logo, impactarão as experiências futuras. A seguir, confira como as brincadeiras podem ajudar no desenvolvimento infantil.

Treina as competências

A brincadeira pode ser encarada como um preparatório para a vida adulta, pois ela estimula competências usadas pelos próximos anos. Comunicação, gestão, resolução de conflitos, cooperação, doação em benefício do grupo e o trabalho em equipe são algumas dessas habilidades desenvolvidas durante as atividades.

Ajuda na concentração

Durante a brincadeira, a criança concentra as suas energias e presta atenção para realizar as tarefas. Desse modo, treina a concentração de forma geral. No aprendizado, isso pode ser aproveitado ensinando as crianças de forma lúdica. Assim, os pequenos acham que estão apenas se divertindo, quando, na verdade, também estão aprendendo.

Trabalha a expressão

Enquanto a criança brinca, ela está se expressando, interagindo e se comunicando. É comum que os pequenos projetem medos, ansiedade, angústia e dúvidas na brincadeira. Por tal motivo, é importante que a família esteja atenta aos sinais. Sem essas atividades, muitas vezes, os pais não identificariam alguma alteração que mereça atenção.

Estimula a criatividade

A criatividade é uma capacidade fundamental, pois é por meio dela que conseguimos resolver muitos problemas. Várias das soluções que contamos hoje foram inventadas com uma boa dose de criatividade. Uma criança que não tem uma fantasia de super-herói, por exemplo, transforma uma toalha amarrada sobre os ombros em uma bela capa.

Ensina a respeitar as regras

Qualquer brincadeira exige regras para acontecer da melhor maneira possível. Caso contrário, vira bagunça. Brincando, a criança entende que precisa respeitar as regras para vencer a atividade e que, se não o fizer, perderá sua chance. Isso contribui para o desenvolvimento da disciplina, característica essencial na vida adulta.

Desenvolve a coordenação

Em uma brincadeira em que a criança necessita correr, agachar, pular, dançar e fazer outros movimentos com o corpo, ela desenvolve a sua coordenação motora grossa, que trabalha os grandes músculos. Já nas brincadeiras em que a criança precisa usar as mãos e os dedos, como montar blocos e quebra-cabeça, ela aperfeiçoa a coordenação motora fina, que requer os músculos pequenos. Ambas são muito importantes para as nossas atividades do dia a dia.

Quais os outros benefícios que um dia de brincadeiras pode gerar?

Pensou que os benefícios das brincadeiras acabaram? Não mesmo! A relação entre a família e a criança também é fortalecida durante as atividades. Quando o adulto brinca junto, ele demonstra carinho e sensibilidade às necessidades dos pequenos, gerando um vínculo de confiança.

A criança se sente confortável, acolhida e protegida e aprende a regular as suas emoções, lidando com situações de estresse e se comunicando melhor. Além disso, aprende a explorar o mundo, pois se sente mais autoconfiante.

Resumindo, as brincadeiras para fazer em família são essenciais, pois estimulam o desenvolvimento infantil em todas as suas áreas, como cognição, coordenação motora, linguagem, raciocínio, criatividade, social e emocional. Além do mais, servem como uma grande oportunidade para passar bons momentos juntos. Que tal aproveitar os dias de chuva com muita diversão?

Gostou deste post? Então assine a nossa newsletter para não perder nenhum conteúdo do blog!

As informações contidas neste material se fundamentam em estudos psicológicos da criança e servem de base para ajudar com o seu desenvolvimento e educação. Os resultados de tais métodos podem variar de acordo com cada criança, pois dependerão de aspectos individuais e sociais.

Notícias relacionadas

EnglishPortuguêsEspañol