Conheça mais sobre o projeto Despertando a Leitura, da Fundação Dorina Nowill

Fundação Dorina Nowill

Atualmente, 6,5 milhões de brasileiros (3,5% da população) têm algum grau de deficiência visual, sendo que parte tem perda total da visão e parte tem baixa visão (grande e permanente dificuldade de enxergar). Dentro desse universo, aproximadamente 20% são crianças e adolescentes, que, apesar de terem o direito à educação, enfrentam situações muito diferentes na prática. No Estado de São Paulo, por exemplo, o acesso a recursos essenciais, como livros acessíveis, para o processo educativo de crianças com deficiência visual ainda é limitado.

Por isso, há  mais de 70 anos, a Fundação Dorina Nowill se dedica à produção e disponibilização de livros em formatos acessíveis, visando contribuir para o acesso à educação, à cultura, à informação e à inclusão social de pessoas com deficiência visual. Desde 2013, a Fundação também dedica esforços para mobilizar e engajar profissionais de bibliotecas, escolas e organizações sociais, os capacitando para reconhecer e atender à pessoa com deficiência visual por meio da Rede de Leitura Inclusiva.

Em conjunto com a Fundação Dorina, a BIC apoia a mobilização desses jovens em prol da leitura, por meio da oferta de 2.120 livros acessíveis distribuídos diretamente aos interessados por meio do Fundo Estadual da criança e do adolescente de São Paulo – CONDECA. Para garantir que as crianças e adolescentes conheçam essa iniciativa, 200 profissionais ligados à leitura e à educação participarão de capacitações sobre leitura inclusiva, realizadas em dez municípios do Estado de São Paulo.

Saiba mais sobre essa e outras iniciativas acessando os canais da Fundação Dorina.

Site: https://www.fundacaodorina.org.br/
Facebook: https://www.facebook.com/fundacaodorina
Instagram: @fundacaodorinanowill

Fonte: Fundação Dorina Nowill

Notícias relacionadas