É possível ensinar técnicas de lettering para crianças? Confira!

Lettering para crianças

Os primeiros anos de vida são os mais importantes para adquirir diversas habilidades, além de exercitar a criatividade e a imaginação. E esse aprendizado continua, mesmo que em menor escala, por toda a vida. Uma atividade que tem sido muito usada hoje em dia para promover esses princípios em jovens e adultos é o lettering.

Muitos educadores se perguntam se é possível ou não ensinar técnicas de lettering para crianças, tendo em vista que elas podem ser um pouco complexas. Porém, com um pouco de paciência, direcionamento e bons materiais, é uma ótima ferramenta no desenvolvimento infantil.

Para ajudar a entender melhor o assunto, vamos falar um pouco mais sobre o lettering, as vantagens de ensiná-lo a crianças e dar uma pequena orientação sobre como fazê-lo. Acompanhe!

[Especial dia das crianças] Almanaque de atividades para completar e se divertirPowered by Rock Convert

O que é lettering?

De forma bem simples, lettering é transformar letras e caligrafia em arte. Para isso, são usados desenhos, cores, estilos diferentes de traço, entre outras técnicas que ajudam a transmitir diferentes emoções e ideias, transformando o que seria uma simples frase escrita em uma combinação de texto e desenho.

Essas técnicas já foram muito usadas na produção de mídia, como logos para empresas. Porém, a grande tendência de uso do lettering agora se estende para cadernos de estudo, placas para decoração da casa, personalização de objetos pessoais – onde a criatividade alcançar!

Quais os benefícios de ensiná-lo para crianças?

Considerando a descrição acima, talvez pareça que o lettering é uma forma muito avançada e estilizada de caligrafia, que não caberia ensinar a crianças ainda novas. Porém, na prática, não é necessário ser adolescente ou adulto para começar.

Na realidade, os pequenos também podem aprender e se desenvolver bastante com essas técnicas. Alguns dos principais benefícios do lettering para crianças estão a seguir.

Facilita o aprendizado do alfabeto

Quando alguém está aprendendo a escrever, o que sai no papel não é a escrita em si, mas um desenho, que, depois de muita prática, se transforma na escrita fluida que os jovens e adultos usam. E o lettering é um bom intermédio para incentivar as crianças a aprenderem as letras com mais afinco.

Como essas técnicas têm a intenção de estilizar a escrita, a ideia de convidar as crianças à “desenhar as letras” pode parecer até mais divertida do que “escrever”. Você pode convidá-las a complementar esse desenho com elementos que começam com essa mesma letra. Por exemplo; ao pedir que “desenhem” a letra M, pode incentivar a desenharem maçãs, macacos, malas… coisas que ajudem ela a assimilar o aprendizado daquela letra.

Sem mencionar que é mais divertido desenhar uma letra colorida e com esses complementos, do que uma letra comum e solitária! Para algumas delas, esse é um incentivo bacana para aprender e dominar o alfabeto mais rápido.

Incentiva a criatividade

A inclusão da arte para crianças é fundamental no desenvolvimento infantil. E o principal motivo disso é o poder da imaginação e da criatividade no crescimento e no desenvolvimento de novas habilidades. O lettering oferece uma oportunidade excelente para praticar essas habilidades e, quanto mais elas forem exercitadas, mais se fortalecem.

Também é importante destacar o papel da autoexpressão aqui. Para a criança, ter momentos em que comunica seus sentimentos de forma aberta é indispensável para seu desenvolvimento emocional. E a arte é um dos melhores canais para permitir que todas essas ideias tomem forma e sejam expressadas. Depois que o sentimento se torna um desenho ou uma letra, ele pode ser discutido mais facilmente.

Desenvolve a coordenação motora

Outra habilidade que precisa ser desenvolvida nos primeiros anos de vida é a coordenação motora fina, que é indispensável para a escrita e várias outras atividades. O lettering para crianças é excelente para exercitar e desenvolver essa coordenação de forma mais divertida e artística.

Comece com alguns exercícios para desenhar várias letras de formas diferentes, usando quadros com linhas-guia, por exemplo. Você pode pedir que coloquem um pouquinho mais de força ao fazer traços para baixo, os deixando mais grossos, e quase nada de força ao fazer traços para cima, criando traços mais finos.

Depois de aprender a criar algumas linhas retas, pequenas curvas limpas e outras formas, a criança terá a memória muscular para desenhar as letras de várias formas diferentes. Isso não é muito diferente de como se aprenderia a escrever normalmente. Porém, com mais formas e ênfase no traçado, será possível desenvolver um controle sobre as mãos e dedos com mais rapidez.

Promove a concentração

Por fim, desenhar algo complexo requer tempo e concentração, e isso se aplica ao lettering. Definir os melhores materiais, o traçado, as canetas, as cores, entre outras coisas, exige que a criança passe mais tempo prestando atenção em uma única coisa, com poucas distrações.

Esse é um exercício importante para toda a vida, o qual se transfere para muitas outras áreas. A capacidade de raciocínio lógico, por exemplo, também é muito associada à de concentração. Passar algum tempo focando a letra, a técnica e o traçado, a longo prazo, facilita outras tarefas, como cálculos matemáticos e memorização, além de tornar algumas sessões de estudo mais fáceis.

O que é necessário para ensinar lettering para crianças?

Considerando os pontos abordados, é bem fácil entender os benefícios do lettering para as crianças. Porém, para que esse aprendizado seja mais eficaz, é importante que você conte com os materiais certos. É bem diferente e mais difícil praticar essas técnicas apenas com um lápis comum.

Primeiramente, as crianças precisarão de material de escrita. Os mais recomendados são as brush pens e canetas hidrográficas, mas também podem ser usados marcadores coloridos e lápis de cor.

Para começar, deixe que todos pratiquem com o lápis preto, criando um esboço do que será desenhado, como um rascunho mesmo. Na sequencia, sugira que eles usem lápis de cor, canetinhas hidrográficas e brush pens para desenhar sobre o rascunho, dando cores e vida à sua criação!

Ainda, é possível que alguma criança ou adolescente já tenha mais facilidade para produzir o lettering sem rascunhos. Nesse caso, estimule-o ainda mais, e ele se sentirá motivado e se desenvolverá com total liberdade e criatividade.

Esperamos que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas sobre o lettering para crianças e mostrado como é uma boa ferramenta de aprendizado e desenvolvimento. Nunca é demais dar aos mais jovens novas ferramentas para se expressar.

E se você quer aplicar essas técnicas em sua sala, confira essa atividade de lettering e faça o download agora mesmo!

Notícias relacionadas

EnglishPortuguêsEspañol